sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Acesse o Site de EDSON PAIM NOTÍCIAS




CLIQUE NO SEGUINTE LINK:





Acesse também



CLIQUE NO SEGUINTE LINK:





BLOGUEIRO APAIXONADO - EDSON PAIM (Música)





sábado, 13 de outubro de 2018


terça-feira, 9 de outubro de 2018


Acesse o Site de EDSON PAIM NOTÍCIAS

CLIQUE NO SEGUINTE LINK:

http://www.edsonpaim.com.br/
Acesse o Site de EDSON PAIM NOTÍCIAS http://www.edsonpaim.com.br/

segunda-feira, 1 de outubro de 2018




CLIQUE NO SEGUINTE LINK;

https://www.google.com.br/search?q=JORNAIS+DE+MARO+GROSSO+DO+SUL&oq=JORNAIS+DE+MARO+GROSSO+DO+SUL&aqs=chrome..69i57j0l5.20712j1j4&sourceid=chrome&ie=UTF-8



NOTÍCIAS DOS MUNICÍPIOS SUL-MATO-GROSSENSES

CLIQUE NO SEGUINTE LINK;



VÍDEOS SOBRE NOVA ANDRADINA- MS

sábado, 29 de setembro de 2018

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Implantação de UTI no Hospital Regional de Nova Andradina está prestes a acontecer


Montante a ser empregado para funcionamento dos 10 leitos da UTI chegará à marca de R$ 450 mil por mês através de convênio já estabelecido com o Governo do Estado

 Redação Nova News
   
Em entrevista coletiva à imprensa na tarde desta segunda-feira (19), o presidente do Hospital Regional (HR)
'Francisco Dantas de Maniçoba' de Nova Andradina, José Carlos Paiva Souza, o Tito, afirmou que a implantação da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) está prestes a acontecer. 

A efetivação do tão aguardado serviço é a partir de agora é uma questão de pouquíssimo tempo até que as etapas do processo de implantação sejam concluídas.  Segundo o diretor, as atenções se voltam neste momento para o processo licitatório que até quarta-feira (21) já deverá ser finalizado com a definição do nome da empresa que irá gerenciar a unidade.
Diretor do HR disse Nova Andradina está a um passo de ampliar serviços de saúde com implantação de UTI (Imagem: Luciene Carvalho / Nova News)
Quanto à empresa que vai gerir a unidade, o diretor adiantou que a etapa classificativa envolveu três concorrentes e que, independente da que vencerá a licitação, são nomes de conceito no país no quesito de gerenciamento de UTIs, fato que, em sua avaliação, fará com que Nova Andradina seja amplamente assistida pelos serviços a ser oferecidos. 
“Concluído o processo licitatório, a empresa tem cinco dias para colocar a unidade em funcionamento e, a partir daí, eis que o nosso hospital avança em mais uma importante etapa e volta a classificar Nova Andradina como um polo de saúde de fato”, pontua o diretor.

Pelo informado, o montante a ser empregado para o funcionamento dos 10 leitos da UTI - exclusiva a adultos - chegará à marca de R$ 450 mil por mês, valor este, segundo Souza, a ser liberado através de um convênio já estabelecido com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Já no que diz respeito à aquisição de equipamentos, à época em 2014, o valor estimado foi de R$ 1.350.000,00, recurso proveniente de uma emenda do então senador Antônio Russo. 

“Tudo já está adquirido e se encontra nas próprias dependências de onde vai funcionar  a UTI, resta só agora o fim da licitação e o início do funcionamento que tudo indica já deva estar ocorrendo ainda neste mês de setembro”, disse o diretor.

LABORATÓRIO PRÓPRIO – Está em fase de implantação e com previsão para funcionar na próxima semana o Laboratório de Análises Clínicas do Hospital Regional. Trata-se de uma medida, conforme o diretor, já em avançado estágio que vai dar uma melhor condição de atendimento ao hospital.

Souza informou que o laboratório é estruturado com equipamentos de última geração e vai contar para sua operacionalização com uma equipe completa de profissionais farmacêuticos-bioquímicos e técnicos especializados na área. Ao todo, seis profissionais integram a equipe que nestes dias 21, 22 e 23 de setembro irão a Dourados a fim de participar de um treinamento no Hospital Universitário, que é uma referência em saúde do Estado.

A data a ser iniciado o funcionamento no laboratório está prevista para o próximo dia 26. Já a partir desta data exames de testes passarão a ser realizados para a efetivação por completo dos serviços. “A instalação do laboratório dá fim a uma situação atual que exames precisavam ser realizados fora do hospital e agora tudo isso vai mudar. Com o laboratório, os exames de rotina e futuramente também de microbiologia serão todos realizados no próprio hospital, fazendo com que o prazo para a entrega dos exames seja mais rápido”, relata Souza.

CERTIFICAÇÃO – O Hospital Regional também comemora uma outra conquista. Agora a unidade passa a ter a concessão do CEBAS (Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social). Para quem sabe, trata-se de uma medida que dá ao hospital uma condição de imunidade de recursos que resultará em R$ 80 mil a mais em caixa para a aplicação de mais benefícios à população assistida.

“Desde que assumi o hospital em 2014, estamos correndo atrás desta certificação em que o principal benefício é financeiro. Pagando menos impostos, temos condições de melhor gerir o hospital que por se tratar 100% de atendimento ao SUS, nos dá a possibilidade de abrir mais campos em busca de mais repasses para o hospital”, expôs o diretor.

MAIS AVANÇOS – O Hospital Regional passou a realizar desde esta segunda-feira (19) pequenas cirurgias ambulatoriais como lipomas, verrugas, unha encravada (cantoplastia), retirada de pintas, drenagem de abscessos, retirada de pequenos sinais de pele e outras.

Este atendimento é feito através de agendamento via Secretaria Municipal de Saúde, que envia o paciente para o Hospital Regional, onde o profissional faz em um primeiro momento a avaliação médica para saber se é possível ou não a cirurgia.

Nesta segunda-feira (19), o Hospital Regional já iniciou a triagem com os pacientes encaminhados pela Secretaria de Saúde. Até o fechamento desta matéria, o hospital contabilizava 30 atendimentos, dos quais 15 agendamentos resultaram em cirurgias para o próximo dia 26.

ATENDIMENTO EM ORTOPEDIA - Outro avanço é a ampliação do atendimento na área de ortopedia do hospital. Junto ao hoje CRR (Centro Regional de Reabilitação), antigo Crena, mais pacientes estão sendo atendidos com os serviços.

Por fim, o diretor do HR detalhou à imprensa que o hospital não está longe de alcançar o equilíbrio financeiro necessário para a efetiva necessidade de gerenciamento do local. “Hoje a receita mensal do hospital é de R$ 1.196.000,00. Não é o necessário ainda, entretanto, mas trabalhamos com a certeza de que o funcionamento do hospital está garantido, em especial pelo Governo do Estado, além ainda dos municípios vizinhos que ainda ajudam a custear o hospital”, expôs Souza. 
- See more at: http://www.novanews.com.br/noticia/cidades/implantacao-de-uti-no-hospital-regional-de-nova-andradina-esta-prestes-a-acontecer.

Postado por Carlos PAIM

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Caixa Alta

Principais Jornais de Mato Grosso do Sul

Divulgação da Parceria, Google, Fundação Portal do Pantanal - Fm América, Painel de Blogs do Paim.

http://www.ejornais.com.br/jornais_mato_grosso_sul.html


Site do Midiamax News
Divulgação da Parceria, Google, Fundação Portal do Pantanal - Fm América, Painel de Blogs do Paim

http://www.midiamax.com.br/